Object reference not set to an instance of an object. Câmara municipal de Aveiro- Página de entrada
Mensagem do presidente
 
Aveiro Cidade dos CanaisCentro Municipal de Interpretação AmbientalPrograma de Ação Educativa do Município de AveiroGabinete de Inserção ProfissionalXIV Bienal Internacional de Cerâmica Artística de Aveiro 2019
Boletim Municipal
Agenda Teatro Aveirense
 
Peduca
botao_bma.jpg
botao_mercados_feiras.jpg
botao_museu_cidade.jpg
Mãe de Água
CCA_header.jpg
gai.jpg
SGE.jpg
Sistema Municipal de Informação Geográfica de Aveiro
Home Noticias
  

“Palcos Instáveis Segunda Casa” é o projeto que traz para o Teatro Aveirense o espetáculo de dança “Chubby Bunny” da Companhia Instável, que se realiza esta quinta-feira, 14 de junho, pelas 21h30, no Teatro Aveirense.

“Chubby Bunny” nasce no âmbito do curso PEPCC – Programa de Estudo em Performance e Criação Coreográfica, do Forum Dança (Lisboa), a partir da transmissão da obra de Sofia Dias & Vitor Roriz “Um gesto que não passa de uma Ameaça” (2011).  A cocriação entre a bailarina brasileira Luara Learth Moreira e a bailarina portuguesa Catarina Feijão estreou em formato de curta duração em Lisboa, no Espaço Alkantara, em julho 2016, e foi apresentada no festival (Re)union em outubro de 2016, também na cidade de Lisboa.  

No dia 17 de junho, domingo, pelas 17h00, no Teatro Aveirense, a Dancenter vai apresentar “Porque é que o céu é azul?”.

“Porque é que o céu é azul?” surge da vontade de estabelecer uma ponte entre dois campos distintos, a Ciência e a Arte. A DCTR – Associação Cultural e a Universidade de Aveiro através da Fábrica Centro Ciência Viva de Aveiro uniram forças para dar vida a uma nova criação, em que estas duas linguagens se cruzam, no âmbito pedagógico, transformando em movimento os fenómenos que apenas a pragmática Ciência poderia explicar. 

Tendo o imaginário como palco principal, os intérpretes materializam aspetos explicados pela Física, que explanam processos como a nossa perceção visual da luz e que fatores influenciam a travessia das ondas eletromagnéticas vindas do Sol, criando uma narrativa poética através do movimento e fisicalidade abstrata para a representação dos processos. 
 
Você é o Visitante nº:
15391901
Copyright - Todos os Direitos > 2011 Câmara Municipal de Aveiro
1024x780