Object reference not set to an instance of an object. Câmara municipal de Aveiro- Página de entrada
Mensagem do presidente
 
Aveiro Cidade dos CanaisCentro Municipal de Interpretação AmbientalPrograma de Ação Educativa do Município de AveiroGabinete de Inserção ProfissionalXIV Bienal Internacional de Cerâmica Artística de Aveiro 2019
Boletim Municipal
Agenda Teatro Aveirense
 
Peduca
botao_bma.jpg
botao_mercados_feiras.jpg
botao_museu_cidade.jpg
Mãe de Água
CCA_header.jpg
gai.jpg
SGE.jpg
Sistema Municipal de Informação Geográfica de Aveiro
Home Noticias
  

 

Considerando que no passado dia 15 de outubro o Município de Aveiro foi afetado por um grande incêndio que deflagrou com especial gravidade nas Freguesias de Requeixo, N. Sra. de Fátima e Nariz, Eixo e Eirol, e Oliveirinha, assim como a entrada em vigor do Decreto-lei n.º 130/2017 de 9 de outubro, o Executivo Municipal deliberou aprovar a proposta de “delimitação de área de reconstrução urgente para habitação ou atividade económica” conforme o artigo 4.º do referido Decreto-lei, seguindo para a apreciação pela Assembleia Municipal.

Com base no mesmo Decreto-Lei, o Executivo Municipal deliberou ainda aprovar a proposta a submeter a deliberação da Assembleia Municipal de dispensa de todas as consultas, considerando a localização em causa e desde que a reconstrução do edifício respeite a implantação e alinhamentos existentes, fixando um prazo de vigência de um ano, integrando agilização de processos de licenciamento, isenção de taxas entre outros apoios.


A Câmara Municipal de Aveiro informa que, após nova avaliação das condições meteorológicas, o Governo voltou a prorrogar o período crítico de incêndio, tendo em conta a provável ausência de chuva. O prazo é agora até ao dia 23 de novembro.

Neste sentido, torna-se prudente manter a adoção das medidas e ações especiais de prevenção de incêndios florestais, que decorrem durante o período crítico, no âmbito do Sistema de Defesa da Floresta contra Incêndios.

As principais medidas de prevenção neste período crítico de incêndios, nos espaços florestais ou agrícolas, são as seguintes:
 
• fumar, fazer lume ou fogueiras; 
• fazer queimas ou queimadas; 
• lançar foguetes e balões de mecha acesa; 
• fumigar ou desinfestar apiários, salvo se os fumigadores estiverem equipados com dispositivos de retenção de faúlhas; 
• fazer circular tratores, máquinas e veículos de transporte pesados que não possuam extintor, sistema de retenção de fagulhas ou faíscas e tapa chamas nos tubos de escape ou chaminés.
 
Você é o Visitante nº:
14614636
Copyright - Todos os Direitos > 2011 Câmara Municipal de Aveiro
1024x780